Início > Aconteceu > A impotência do teleatendimento

A impotência do teleatendimento

Tenho uma conta que uso pouco no Banco do Brasil. Pedi uma alteração no pacote de tarifas em junho, que não foi feita, fui deixando e já me rendeu uns 50 reais de prejuízo.

Hora de ligar para o teleatendimento. Aquele 4004-não sei o que mais que vem atrás do cartão. Além de fazer essa alteração, queria descobrir qual foi a senha que cadastrei para acessar minha conta na internet, que não lembro.

O 4004

Esperei uns sete minutos. Não tinha valsinha mas a repetição da mesma frase ininterruptamente.

Fui atendida. Depois de explicar umas cinco vezes por que não consegui pelo autoatendimento, descobri que para descobrir a senha tenho que ir a uma agência. Aquele lugar onde se passam horas na fila.

Para trocar o pacote é um pouco mais fácil, tenho só que ligar para a minha agência.

A agência

Atende, explico o problema, transfere a ligação. Tu-tu-tu-tu. Desligo. Ligo de novo. Não atende. Mais umas mil vezes e nada. Vou fazer xixi, tomar uma água. Tento de novo. Não atende. Mais uma vez, é a última, juro. Consegui! Comemoro. Explico.

Descubro que para mudar o pacote, tenho que ligar para o teleatendimento, o 4004 aquele.

O atendimento

Moça, o atendimento do Banco do Brasil está péssimo. Já liguei pro 4004 e me disseram pra ligar praí. Conto a história toda, quase xingando.

Pacientemente, ela me explica que é melhor eu ir na agência pra não perder tempo. Hein? Moça, como vou perder menos tempo pegando ônibus, indo até a agência e esperando na fila?

Mas concordei. Ir até a agência é muito mais rápido do que tentar resolver pelo telefone.

Transferência de responsabilidade

O pior de tudo é que xinguei a pessoa errada. Pelo menos me dei conta a tempo e pedi desculpa, a coitada não tinha o que fazer para ajudar.

E esse é o grande problema desses atendimentos. A gente fica impotente. A empresa, poderosa, transfere o canal de reclamações a um atendente frágil. Onde reclamar de forma fácil e rápida para que as coisas mudem? A responsabilidade é transferida. O atendente paga o pato, o cliente se irrita e não resolve o problema e a empresa ganha o dinheiro do cliente para pagar pouco ao atendente e sequer se preocupar em saber quais são as necessidades de cada um.

———–

Amanhã, tarde de banco.

  1. 07/12/2010 às 14:19

    É essa encheção mesmo!!!

    Estou em uma contenda com a Blockbuster que está me tirando do sério também.

    A Credicard me colocou no SPC por uma dívida que eu já havia pagado (pelo menos aí foi fácil, processei e ganhei) e o Banco Real vive me dando essas voltas que o BB está dando em você.

    Quando é empresa menor, o Procon é um bom aliado, porém contra bancos a coisa fica bem complicada. Eles fazem o que querem e ninguém pode com eles.

    Tem esse decreto aqui: http://www.jusbrasil.com.br/legislacao/93373/lei-do-call-center-decreto-6523-08

    Parece que se aplica a alguns problemas que você teve, mas vai forçar um banco a seguir a lei!!!

    []’s
    Cacilhας, La Batalema

  2. Natália Pianegonda
    07/12/2010 às 14:58

    As atendendes da Claro anotaram meu endereço errado, me disseram que eu receberia as faturas no final do mês. Eu esperando e comecei a receber mensagens dizendo que estava devendo. Fazia uns 20 dias da emissão da fatura e a conta (que eu nem sabia que existia) foi mandada pra um endereço que não é meu (e que foi verificado umas três vezes pela atendente). É muito foda.

  3. Natália Pianegonda
    07/12/2010 às 14:59

    E a culpa era minha que não liguei pra Claro questionando que não recebi a primeira fatura.

  4. 07/12/2010 às 19:08

    Sei como é, tentei ontem de madrugada mudar meu plano na Vivo, reduzir o plano e… Eram 2 da manhã e tive de ligar pelo menos 6 vezes até ser atendido. Em cada vez passei mais de 10 minutos ouvindo musiquinha irritante e não fui atendido, caía a ligação.

    NEm pelo Twitter deu jeito, o perfil da vivo me respondeu pra eu tentar ligar e ponto. NA verdade, antes me disse pra mandar DM com tel e CPF, mas o perfil ñ me seguia!O.o

    Quando consegui ser atendido, bem depois das 3 da manhã, levei quase 35 minutos entre espera e atendimento.

    Cadê a lei dos 60 segundos de espera?

    Esses atendimentos são um absurdo!

  1. 13/12/2010 às 5:25

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: