Início > Política > Estaria Ana Amélia de olho no governo do estado?

Estaria Ana Amélia de olho no governo do estado?

Ficaram pendentes algumas observações sobre o resultado das eleições:

– O maior medo pós-eleição é um provável fortalecimento da ideia de Ana Amélia se candidatar ao governo do RS em 2014, ainda mais depois que a Zero Hora já deu destaque para o fato de ela “não pensar no Piratini”. Motivo extra para o PT fazer um baita governo no estado. E para comemorarmos o primeiro lugar de Paulo Paim na corrida ao Senado.

– A eleição de Manuela é surpreendente. Sei que ela tem um carisma muito grande e uma campanha muito forte, mas achei que já tivesse passado a onda mais alta e agora ela fosse simplesmente se eleger bem. Mas ela fez um número extraordinário de votos, mais de 480 mil. Apesar de ela ter conteúdo e ser uma boa política, com desempenho reconhecido, boa parte dessa votação é por impulso e sem conotação política. Ela tem tudo para vir com boas chances para a disputa para a Prefeitura daqui a dois anos.

– A eleição para o Senado é a tal da “eleição de 200%”. O número de votos é o dobro do dedicado aos outros cargos. Tem também mais candidatos concorrendo às mesmas vagas. Ainda assim, chama a atenção o fato da desconhecida Abgail Pereira, que entrou na disputa apenas para garantir a vaga de Paim, ter feito mais votos que a atual governadora, que concorria à reeleição. Foram 1.551.151 de votos para a candidata do PCdoB ao Senado, e 1.156.386 para Yeda. Quase 400 mil votos a menos. Resultado de um dos piores governos, quiçá o pior, da história do Rio Grande.

– Sobre a composição do governo do estado, está certo Tarso ao não dar a opção de o PMDB, o PSDB, o DEM e “partidos que tiveram uma posição nítida oposicionista” de comporem o governo. Como disse o governador eleito, “isso não quer dizer desrespeito nem ausência de diálogo, mas não acho que sejam partidos passíveis de uma composição conosco”. Dessa forma, Tarso deixa longe de seu governo o oportunismo do PMDB, mostrando com elegância que o partido adversário saiu derrotado.

– Ainda no domingo à noite, Serra deu entrevista em que passou bastante tempo agradecendo Marina. De fato, ele tem muito a agradecer, foi graças à candidatura verde que se concretizou o segundo turno que o tucano queria. No frigir dos ovos, o PSDB foi o único que colheu frutos com a entrada da Marina na disputa. O que só confirma a tese de que sua candidatura serviu muito mais à direita do que à esquerda.

Anúncios
  1. Ismael
    06/10/2010 às 22:27

    Uma pena que a intensidade da campanha nacional meio que ofuscou a vitória do Tarso para mim.

    Porque parando para pensar, foi um feito muito significativo. Só ele vencer, já era algo que eu não imaginava devido a anos com o PIG e a direita martelando o anti-petismo.

    Então furar o bloqueio e vencer no 1º turno, de forma inédita ?! Excepcional. Dá mais legitimidade.

    Assim como espero que aconteça com a Dilma, a vitória do Tarso significa muito mais que vencer a direita. Venceu o PIG, algo muito mais difícil e portanto, significativo.

    Partidos fazem campanha a cada eleição. O PIG não, é incansável, martela diariamente. Combinam “verdades” que criarão e fomentarão.

  2. Ismael
    06/10/2010 às 22:42

    Sobre o 2º turno.

    O que parecia ter atingido o limite, está se apresentando como algo muito pior. A baixaria.

    O que aconteceu no 1º turno está começando a parecer fichinha.

    Até a ultra direita anda dando os ares : http://uolpolitica.blog.uol.com.br/arch2010-10-03_2010-10-09.html#2010_10-06_18_29_50-9961110-0

    Já vi blog de feminista “Dilmista” ferrenha dizendo que caso a Dilma se declare contra o aborto, vão votar no Serra.

    Pelo amor de Deus(<-o novo protagonista da eleição).. Será que isso não as deixa no mesmo patamar dos fanáticos religiosos ?

    Eu mesmo não consigo ter opinião formada. Fico entre a necessidade de legalização para haver tratamento médico e ser contra devido ao risco de uma possível banalização.

    Enfim, o aborto é um tema complexo e muito sério. Mas não pode ser isso a determinar uma eleição. Não seria de jeito nenhum, porque por mais sério que seja, é um tema menor frente a complexidade da sociedade.

    E daí temos Marina…

    Ela e o PV afirmando que vão aderir ao lado que mais aceitar o programa de governo…

    Ora, alguma dúvida então que será Serra o apoiado.

    Sim, porque o lado que não tem escrúpulos vai dizer tudo que precisar, fazer qualquer afirmação. Já está fazendo isso na máquina de boataria, replicada no PIG, sem pudor.

    É muita sujeira. Muito ódio alimentado pelo PIG durante anos. Esse ódio é tão grande, e irracional(ninguém nem sabe porque odeia), que até a ditadura já está sendo tratada como algo que foi incompreendido, uma "dureza tristemente necessária".

    Ora, o ponto que estamos chegando. Agora até desculpas para torturar se encontra. Que lado é esse que está disposto a tudo para voltar ao governo?

    Ainda com a audácia de afirmar que Lula tem apego ao poder. Pois sim, quando não estão no poder, criam todo tipo de artifício para voltar.

  1. 06/10/2010 às 19:15

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: