Início > Política > O primo pobre do PMDB

O primo pobre do PMDB

Concorrem com certa força ao governo estadual um representante do governo Lula, um do governo Yeda e um do governo Fogaça. União, Estado e Município. Nos dois últimos casos, são os próprios chefes do Executivo que encabeçam a chapa.

O PTB, que estava fingindo ter força até ontem, anunciou que não vai mais insistir na candidatura de Luis Augusto Lara para governador do Rio Grande do Sul. A retirada era questão de tempo, qualquer um sabia. Lara insistiu em manter seu nome na disputa com a intenção de valorizar seu passe e o do PTB, costurar alianças com mais força. Não deu certo. Agora, o partido declara-se neutro, não vai apoiar a priori nenhuma chapa majoritária.

Os motivos são dois: o cenário descrito no primeiro parágrafo e as pesquisas. O PTB ocupa cargos nos três governos, e não quer perder a boquinha. Anunciando apoio a algum candidato, teria que desfazer a promiscuidade pelos próximos meses, e não interessa ficar longe do poder um minuto que seja.

As pesquisas, por outro lado, vão servir para orientar o PTB, já no fim do processo eleitoral, a escolher o melhor apoio. Não deve contar programa partidário ou identificação ideológica, mas os números. Os maiores nas sondagens devem receber o partido. O PTB não vai ser vice de nada, perdeu o bonde. Em compensação, vai estar próximo de qualquer um que se eleger e deve continuar no poder. Vai ser desde criancinha simpatizante do partido eleito.

Aprendeu a lição do maior oportunista político brasileiro, o PMDB. Só que não tão direitinho. Se for ver de perto, o PMDB também está, ou esteve, presente nos governos Lula, Yeda e Fogaça. É tão prostituído quanto. Mas não aparenta o mesmo mau-caratismo que o PTB (e mesmo se aparenta, todos fingem não ver, ninguém prescinde do apoio do PMDB, pelo contrário, brigam por ele). É mais velado, embora seja tão ruim ou pior. Só que mais inteligente. Talvez por isso ainda pior, já que acaba sempre com mais força, mais poder.

O PTB mama. O PMDB dá as cartas.

Anúncios
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: