Início > Jornalismo, Tecnologia e internet > Época perde oportunidade de discutir redes sociais de verdade

Época perde oportunidade de discutir redes sociais de verdade

Comprei a revista Época da semana passada porque tinha que matar tempo. Já estava até meio velha, mas o assunto ainda valia – e ainda vale muito – e eram várias horas de aeroporto na noite de quarta para quinta. Já tinha visto a capa sobre redes sociais, que me interessa, mas não estava com muita vontade de gastar dinheiro com uma Época. Minhas experiências recentes foram contraditórias, e sabia que podia esperar qualquer coisa. Matérias sobre sociedade muito bacanas, matérias sobre política muito ruins.

Essa não era política, de repente podia ser boa. Bem completinha para quem gosta de informática e curiosidade. Só. A quantidade de páginas para tratar do tema toma ares de absurdo quando se conta que não há uma linha sobre a capacidade efetivamente social das ferramentas de comunicação na internet. Não há uma menção à possibilidade de democratização da comunicação que Twitter, Orkut, Facebook e afins possibilitam.

Nenhuma discussão sobre as transformações nas relações políticas, a aproximação do eleitor com os seus representantes. A possibilidade de contato direto entre o político e o eleitor é uma das questões que mais fascina nessas novas ferramentas digitais. Isso sem contar a utilização de vídeos, infográficos, mapas, alternativas para qualificar a informação prestada disponível em muitas redes.

O excesso de informações também é abordado de forma muito superficial. A subtração do papel do jornalista em muitos casos, como quando a informação chega direto do político ao eleitor, não é nem mencionada.

Mas se quiser saber como se livrar do vício da internet, está lá. Querendo mais informações sobre a quantidade de usuários de cada rede e pra que elas servem, é só ler a Época. São informações interessantes e úteis, sem dúvida, mas que afastam da discussão aprofundada sobre a verdadeira revolução social que as redes propiciam.

Como quase sempre nessas revistas, função social quase nula.

Anúncios
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: