Início > Ideologias, Política > PT 30 anos: uma história de luta

PT 30 anos: uma história de luta

Quem poderia imaginar, naquele 1980, que o PT chegaria aos seus 30 anos com Lula presidente, boas chances de eleger sua sucessora, um grande poder pelo Brasil inteiro, uma ampla e contraditória base aliada.

São três décadas, comemoradas hoje, 10 de fevereiro, de uma história de altos e baixos. Teve momentos muito bonitos, e não só no passado distante. O começo foi, sim, bem sonhador, e dá saudade de momentos que não vivi, em que ainda se acreditava na possibilidade de construção de um projeto de governo, de um projeto de país, sem passar por toda a sujeira da política brasileira tradicional. Era um tempo em que ainda não se tinha tido contato direto com o coronelismo, ainda muito forte no país, com a política de alianças, com o engessamento imposto a governantes que não se deixam incorporar a esse esquema.

Era um tempo em que os fundadores do partido, gente de muitas utopias, passavam de porta em porta requisitando filiados. Eram expulsos de algumas, mas bem recebidos em outras, até na conservadora Caxias do Sul, onde meus pais fizeram isso. Era um tempo bonito de sonhos.

Porto Alegre foi uma das primeiras experiências de governo, com a eleição de Olívio em 1988 e mais outras três consecutivas do partido. Embora tenha se desgastado ao longo dos 16 anos, foi muito bacana. Pôde apresentar para os gaúcho, os brasileiros e o mundo inteiro – o Fórum Social Mundial é prova de que o mundo viu – que é possível desenvolver uma política progressista, mais humana, sem se vender no mercado de siglas partidárias. Virou referência, especialmente em função do Orçamento Participativo, garoto-propaganda do desenvolvimento da chamada democracia participativa, em contraposição àquela apenas representativa que conhecemos no Brasil.

Aqui no estado, o PT também teve momentos de glória, também com a eleição de Olívio Dutra, dessa vez para governador. Isso foi em 1998. Aí foi mais difícil desenvolver uma política bacana sem as alianças, mas ainda assim foi possível fazer muita coisa e levar o RS para um rumo mais sustentável, que fugia do padrão neoliberal do governo FHC, então na presidência da República.

Com o fim do governo Olívio, e a possibilidade concreta de eleição de Lula, o sonho dos petistas gaúchos, mais especificamente porto-alegrenses – era ver um presidente, um governador e um prefeito do PT concomitantemente. Mas os gaúchos dificilmente reelegem o mesmo partido, e a estratégia anti-petista levada a cabo pela RBS foi muito forte, e isso não aconteceu.

De qualquer forma, apesar da frustração da derrota de Tarso Genro, o candidato no RS, 2002 foi um ano de muita esperança, com a eleição de Lula presidente.

Um ano que foi seguido por outros de muita frustração, de crise dentro do partido, de rachas, como todos já sabem. Muitos petistas históricos saíram ou foram saídos, a coisa ficou feia. O que não diminuiu a popularidade de Lula, que conseguiu fazer o melhor governo da história do Brasil, ainda que com enormes deficiências – cito sempre a ausência de uma reforma política como a principal delas, para criar um ambiente político mais saudável e tornar mais independentes dessa política de alianças os políticos eleitos.

Continua…

A primeira imagem mostra a entrega do registro provisório do partido no Tribunal Superior Eleitoral. A seguinte, Lula e Olívio com o historiador Sérgio Buarque de Holanda na fundação do PT. A terceira foto é da primeira convenção nacional do partido, em 1981. Olívio eleito prefeito, ao lado de Lula e Tarso. A tirinha de Henfil para a campanha de Lula de 1989, Lula-Lá. Lula em discurso para uma multidão nos áureos tempos.
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: